.posts recentes

. A imagem reflectida de nó...

. O Homem que acreditava no...

. Beber ..o amor..

. Responder ás agressões......

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Dezembro 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Quinta-feira, 6 de Março de 2008

A imagem reflectida de nós próprios.....

Uma luz....um relance de um olhar...emoções que se acendem!

Contrastes...sons...cores...

Ao longe...o tempo que devora a cidade e as pessoas...

Ao perto..uma floresta na tranquilidade...um rio...um lago...uma margem...alguém debruçado...alguém que surge no horizonte de nós próprios....

Será luz? Será vida? Vida será talvez...porque se movimenta ao sabor das ondinhas....porque  se ergue...porque sorri...

Marionetes que não tocam o agora....

Imagens que não vivem o presente...

Olhares que se entrecruzam no movimento da água....A água que espelha o sentimento..Um corpo que sabe que é ...e aparece...

Uma leitura que se esvazia na essência...

Um olhar...de nós próprios...em nós próprios...

Uma lágrima que cai suavemente e mergulha na imagem ...que vem

Um sorriso que se enlaça na doçura da beleza...

Uma imagem reflectida de nós próprios...no espelho da vida...uma imagem de nós próprios no olhar que se projecta...

Aquilo que vem reflectido na água espelhada...será real, será verdade?

O que vemos corresponderá ao que existe realmente?

Ou será apenas reflectido o que pensamos que é..e não o que é...?

E porque não terá emoções ..a imagem reflectida?

E porque não terá vida...a imagem reflectida?

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 23:03
link do post | favorito
Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2008

O Homem que acreditava no amor.....

Algures no Tempo!....Era uma vez...um Homem simples e humilde....que vivia na Ilha do Mundo!..Uma ilha onde havia imensa escuridão.....Não havia Sol!..O Sol tinha desaparecido...porque as pessoas tinham deixado de acreditar no amor!...

Todas as pessoas não!..Havia uma Homem diferente!..Ele acreditava! E, por mais que ouvisse, por mais que visse...ele recusava-se a deixar de acreditar no amor!..O Mundo girava por ele..girava sem parar! Luzes, vozes, uma dimensão humana que transcendia os próprios sentidos...Uma intuição que não cessa de cavalgar!....

Uma beleza intensa que se transformava em luz..Um coração que não parava de sentir!...Uma vida que não deixava de navegar...Um olhar que se perdia no coração...de quem um dia havia de chegar!....

O Mundo que girava...a vida que não parava...! As sensações que rodopiam...os sentimentos que viviam á superfície, num mar profundo desconhecido....

Um mar imenso imerso numa profundidade do ser...que se negava a revelara-se e a aflorar...

Um Sol desaparecido que não permitia que se visse a profundidade do mar...

As pessoas que se habituaram a viver e a sentir apenas na superficie do mar da vida...

Mas....o Homem humilde não desanimou....Dentro dele havia uma luzinha , trémula, que o orientava na escuridão ! Era a luzinha do acreditar...........

Um dia....decidiu atravessar o vento, de lés a lés, caminhar sobre as tempestades e furacões..

Um dia...decidiu cavalgar nas ondas do mar, trepar ás montanhas e mergulhar....

Um dia decidiu..que nadaria até á eternidade....

Um dia....decidiu que penetraria no olhar mais profundo....

Um dia....venceu barreiras e partiu....à procura do outro alguém....

Pegou no amor e transportou-o até á eternidade..Abriu estradas, venceu obstáculos...

Cansado de tanto caminhar....deixou-se dormir á beira da estrada....

Estava frio.....mas não teve frio....Estava escuro, mas não ficou na escuridão...Estava sózinho, mas não se sentiu só....

Dormiu nos braços de uma luz ....que o aqueceu e iluminou...Era uma estrelinha de luz...

Acordou e sentiu vontade de viver.....Acordou e sentiu vontade de amar....

Sentiu a presença de alguém....mas não a viu.....Alguém tinha estado com ele...o seu coração brilhava de vida....Alguém que desapareceu....alguém que amou.....

Do Homem humilde nunca mais ninguém ouviu falar....Fala-se que vive com o amor....Que encontrou o amor...em que tanto acreditava...que vive feliz para lá das montanhas na terra mágica do sonho e encanto....

 O amor verdadeiro  tudo mudou...o Sol voltou a aparecer na Ilha do MUndo...as pessoas estão a acordar....

Apenas porque um Homem acreditou no amor......

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 22:53
link do post | favorito
Sábado, 23 de Fevereiro de 2008

Beber ..o amor..

Caminhava alegremente no meu coração quando ouvi uma canção

- Vai beber um pouquinho de Sol....para poderes  entrar no Mundo mágico da emoção .

Por momentos não respirei....

Senti o olhar na ilusão...Senti uma vida no momento....Senti a vida na acção....

Coloquei então o meu sorriso no teu olhar..e percorri o Mundo com os teus olhos....

Consegui entrar na tua mente...ouvir as tuas ideias...mergulhar nas tuas emoções...e sentir o Sol a aquecer o coração....

Pensamentos que se tornaram acção....

Percorri o teu corpo...vivi o teu coração....

Dentro de ti...descobri o amor por mim...

Dentro de ti...descobri o amor por ti...

Percorri o teu coração.....e vi a minha imagem...com uma luz imensa...

Não são vozes....mas são palavras em silêncio...Não são cores....mas são as veias do amor...

Encerrei portas...abri portas....Caminhei em ti...suavemente

Encontrei obstáculos...vivi dificuldades...mas não desisti de ser uma parte de ti....

 

 

 

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 21:58
link do post | favorito
Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2008

Responder ás agressões...ou ser Inteligente emocional...

O que pensamos reflecte-se na maneira como sentimos...que , por sua vez, determina a maneira como agimos.......

Por outras palavras..a nossa atitude perante a vida é apenas a expressão do que pensamos...

Se não estamos bem, se não encontramos sentido na vida...a opção é MUDAR!...

mudarmos a maneira de pensar e, correspondentemente, mudarmos a maneira de sentir...

Quantas pessoas têm coragem de mudar, de enfrentar as crenças, os preconceitos, as normas e regras da Sociedade em que vivemos?

Quantas pessoas se atrevem a questionar as próprias atitudes?

Quantas pessoas se atrevem a ter coragem de mudar?

Em teoria...é fácil pensarmos que...é necessário mudar! Mas, na prática, quando sentimos as dificuldades do dia a dia...quando nos deparamos com os obstáculos da própria vida...a situação é diferente! Na prática, será que temos mesmo a capacidade e coragem de mudar, não só a maneira de sentir, mas sobretudo de pensar?

Ou seja, perante uma agressão verbal ou física...quantas pessoas conseguem estar tranquilas e serenas nas reacção? Quantas pessoas mantém o estado de serenidade perante essas mesmas dificuldades?

Quantas pessoas perderam a vida , em todos os sentidos, porque não foram inteligentes emocionalmente em resposta a uma agressão e reagiram apenas emocionalmente e institivamente?

Quantos sabem sempre reagir inteligentemente ao que se sente e ao que se pensa ....e que, por sua vez, se irá reflectir no que agimos?

Quantasrelações a dois desfeitas ..tão somente porque as pessoas não souberam ser inteligentes emocionalmente nos relacionamentos?

Por outro lado, quantas armadilhas nos podem colocar, ao saberem que reagimos apenas numa desproporção emocional e sem inteligencia?

Manter a serenidade perante as dificuldades...não é facil, mas é possivel! O que se tem a ga nhar? Tudo!

Como se consegue? Trabalho interior! muito trabalho!

Primeiro, perceber que a nossa reacção não é a mais adequada

Segundo, perceber como agimos..

Terceiro, trabalho, trabalho e mais trabalho diariamente

Só com perseverança...conseguimos manter a serenidade perante situação de ansiedade e adrenalina evidentes...

Mas essa serenidade é compensadora..em termos de paz interior...a tal paz que nos faz sentir de bem com a vida...e alegria por estarmos vivos!  A tal paz interior que contribui decisivamente para a nossa felicidade .

O que teremos então a perder?

Ser Inteligente emocional...é um caminho para a paz interior e para a felicidade.....

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 23:08
link do post | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links