.posts recentes

. Obstáculos ao amor/ obstá...

. O rio do Coração............

. Perceber a diferença entr...

. Os mistérios de um olhar....

. Compreensão ..e não acusa...

. Estar só...ou sentir a so...

. Os Bloqueios que nós cria...

. A menina que vivia na 21ª...

. Ver a realidade, não como...

. Quando te lembrares de mi...

. A pressão do Tempo...obri...

. Saber esperar pela pessoa...

. Será que temos janelas su...

. Um dia o céu deixará de s...

. Caminhar pela estrada do ...

. Quando o Eu encontra o Tu

. O prazer de dar........

. Pelo desejo se vive...e p...

. A imagem reflectida de nó...

. A sua vida pertence unica...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Dezembro 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Domingo, 23 de Janeiro de 2011

Obstáculos ao amor/ obstáculos na vida........

Ao longo da vida, todos os seres humanos são confrontados com dificuldades e obstáculos, mais ou menos intensos...e capazes de gerar frustrações, depressões ou  a sensação de derrota ou abismo.....

A felicidade....verdadeira chave da vida....é a atitude que demonstramos perante os obstáculos que nos são colocados.....a maneira como sabemos lidar com as dificuldades que a vida nos coloca.....

A verdadeira sabedoria é exactamente ....a capacidade de temos de lidar e enfrentar as diversas dificuldades e/ou obstáculos...e o modo como os ultrapassamos....

Básicamente traduz-se por...actuarmos de maneira positiva perante esses problemas ou deixarmo-nos vencer pelo medo.....

Porque a dificuldade não consiste em....não termos obstáculos ou dificuldades na vida.....porque, e é sabido, todos os seres humanos os têm, em maior ou menor grau.....A felicidade está na vontade, na determinação e na paciência que demonstramos para vencer esses mesmos obstáculos.....ou seja, fundamentalmente, na capacidade que existe dentro de nós....

O segredo está dentro de nós e não no exterior.....

O vencedor....será sempre aquele que encarar as dificuldades como uma realidade favorável e que tiver sempre fé e esperança no futuro....

O vencedor terá sempre....um controle sobre os seus pensamentos negativos....e, sobretudo, nos momentos mais dificeis...

O vencedor será....o que considerar os obstáculos como oportunidades para o crescimento como ser humano.

O vencedor será sempre....aquele que conseguir ver aspectos positivos....sempre e em qualquer circunstância da vida.....

O vencedor será ...o que não entra em desespero....

O vencedor será......sempre ...o que não desiste...... 

publicado por antonioramalho às 16:00
link do post | favorito
Domingo, 3 de Agosto de 2008

O rio do Coração............

Intrépido, forte, rebelde e aventureiro, o jovem Vento entrou no Deserto da Vida. Saltou as Dunas, rodopiou na areia e brincou.........

Mas....o Sol da Sociedade abrasador, a pouco e pouco, o sufocou.... Tornou-o rude, aspero e agreste. nQuanto mais penetrava na imensidão do Deserto da Vida, mais cortante se tornava...E o calor o abrasou............

Um dia, o jovem Vento encontrou um Oásis no Deserto da Vida. Era a Família. O oásis, como é natural, o encantava...Mas....o Deserto da Vida, envolvente, provocava-o e desafiava-o!....Queria mais da vida....Queria saber quem era......Queria saber o que fazia aqui.....Queria algo mais....

E, assim, voltou a enfrentar o Deserto da vida..Voltou a encontrar Oásis também, o Oásis da amizade, o Oásis sa beleza da Natureza, o Oásis dos momentos felizes....

Mas...O Deserto  da Vida, incitava-o sempre a partir...A procurar algo mais....

E o Sol da Sociedade...que o abrasava mais e mais.....

Um dia, á noite, a Lua da Ilusão...cantou para ele :

- Procura a nascente da transformação! Procura a nascente da transformação!...E o Deserto da Vida não existirá mais....

O jovem Vento voltou a sibilar, a correr, a saltar Dunas e Dunas até que supôs ver a nascente da transformação...

A nascente da transformação estava ali á sua frente...e não a via....Estava perto dela...mas não a conseguia ver...

Então um letreiro surgiu na miragem. Dizia:

- Só podes ver a nascente da transformação ...por 3 motivos: Ou sofrimento, ou amor, ou ambos!

Então, resolveu ir descansar num Oásis, que estava no Horizonte do Deserto...e adormeceu...

A noite ficou amena...Sem vento algum.......

Ao acordar, ouviu um barulho de água a correr..Correu para o local de onde vinha o barulho e encontrou....a mais linda Água de Amor!

Apaixonaram-se. Correram. Saltaram. Encantaram-se. Viveram o amor.....

Então, como que por encanto, á sua frente surgiu a nascente da transformação..... Afinasl era ela que alimentava a àgua do Amor....

O jovem Vento e a Água do amor, juntos, partilharam o amor....

Dessa união nasceu ...o rio do coração....Um rio que nasce no coração, e que cresce a cada dia que passa....Estende os seus braços e leito pelo Deserto da Vida. Ajuda e dá amor... E tudo transforma em Jardim verdejante e alegre..... A vida voltou a ouvir-se. O SOl abrasador e a areia das Dunas...desapareceram, a pouco e pouco....

A vida tornou-se...a imagem da felicidade....desde que nasceu o rio do coração! A vida transformou-se....Pela atitude, pela força de vontade, pela entrega e dádiva aos outros, e sobretudo pelo amor....

Só o rio do coração consegue eliminar o Deserto da vida....

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 15:45
link do post | favorito
Sábado, 2 de Agosto de 2008

Perceber a diferença entre o EU exterior e o EU interior........

Perceber a diferença entre o EU exterior (EGO) e o EU interior (nucleo onde está a nossa criança interior) é necessário.......eu diria mesmo!.....É fundamental fazer essa clivagem.!.......

O EU  exterior é criado pela Sociedade....está eivado de vícios, atitudes erradas....tem a ver com a opinião dos outros sobre nós.........É ele mesmo ...o EGO!...

Mas....o Ego limita-nos!....Intrínsecamente, contém as crenças, os preconceitos, as regras instituídas e limitantes...É, basicamente, o sinal vermelho que se nos coloca constantemente...Não deves fazer isto! Não deves fazer aquilo! ....Ou então, deves fazer isto..ou deves fazer aquilo!

O EGO impede-nos de absorver livremente a brisa do vento do Tempo.........de apreciar, de maneira pura e simples, aquilo que nos é dado ou apresentado...O EGO julga, condena...O EGO impede-nos de ser livres......

O EU interior tem a ver com o nosso verdadeiro EU....o EU autêntico..O EU puro, simples e humilde.....

O EU interior contém a nossa criança interior...É um EU de simplicidade....que brinca, salta, que não julga, nem condena....Pensa por nós, vive livremente por nós...e dança ao sabor do Tempo e de verdade....e que corre alegremente pelo caminho que escolhemos.....

Saber fazer a clivagem entre o Eu exterior e o EU interior...é determinante na atitude perante a vida! Permite sentir a frescura do aqui e agora; permite sentir o valor verdadeiro do momento; permite viver intensamente cada momento...sem os limites disto, sem os limites daquilo, sem a pressão da Sociedade........

Saber encontrar o EU interior a viver cada vez mais........Saber libertar o EU interior, saber voltar a viver a criança interior, que existe dentro de nós!....

Ou seja, se permitirmos que as nossas escolhas e opções sejam feitas pelo EU exterior, estaremos a permitir que os outros vivam a nossa vida, que nãqo sejamos perfeitamente livres na nossa atitude perante a vida!.............

sinto-me: feliza nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 18:03
link do post | favorito
Quarta-feira, 16 de Julho de 2008

Os mistérios de um olhar.........

Olhei para ti e não vi, mas vi!.....O que vi, não sei, mas senti!........Senti o movimento do teu coração. Senti o meu calor unido ao teu, numa dança intemporal. Uma viagem sem dimensão espacial e temporal.

Foi um segundo.Foi um instante. Foi um mpovimento. Foi uma vida.

Não sei o que passou por mim...mas passou rapidamente! Não sei o que passou por mim...mas captou-me totalmente a atenção!...

O vento que sopra forte e intenso...o levou.....

Saltou..conquistou...seduziu...desafiou.........

Foi um brilho...Foi uma luz!...Foi o amor que cresceu e aprendeu a voar........

Movimentos de vida, movimentos do tempo...........

Um simples olhar, meu no teu, cruzamento de luzes cintilantes..Vida que continua......

Para lá do horizonte..caminhamos lado a lado, olhares meigos, carinhosos e doces....Olhares que se movimentam, que não param............

Olhares que falam no silêncio!.Olhares que dizem tanto!..Olhares que dizem tudo!..Perceber o desejo do outro olhar...a sua expressão....a sua dor...o seu amor!.....

E a vida que se perde no olhar....

Olhar, mas não ver...a beleza da Natureza, a beleza dos pequenos gestos, a beleza das pessoas....

Não saber apreciar o que de bom se nos é oferecido num olhar! Não saber ver a beleza do interior!

Olhar para a beleza e não ver!..Olhar para a vida e nada ver! Olhar para a felicidade e não ver!

Saber olhar é amar! Saber olhar ..é compreender!

A dimensão de um olhar é total! É olhar e ver! Compreender e amar! Saber ver! Ver as cores e emoções num simples olhar!

A dimensão de um olhar encontrou-nos! Na dimensão de um simples olhar, percebemos..que erámos nós! O Eu que encontra o Tu!

Um olhar pode dizer tanto!...Até existe a psicologia do olhar! E pode também não dizer nada..se olharmos..sem ver! Se olharmos só por olhar!

Perceber o olhar! Perceber a emoção que o olho encerra! Perceber o olhar..é perceber a vida! O Olhar como espelho da alma! Penetrar o olhar! Entrar no interior, percorrer o coração e a mente!

A expressão do corpo no olhar..........................

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 11:39
link do post | favorito
Domingo, 6 de Julho de 2008

Compreensão ..e não acusação!

Porque conviver é difícil ! Porque viver a dois é dificil ! Porque queremos impor sempre a nossa verdade! Porque queremos ter sempre razão!

Em qualquer situação de relações interpessoais, seja de cariz pessoal, familiar ou profissional..a via mais fácil, em situações de dificuldade ou ruptura, é a acusação.........a critica mordaz....ou a ironia....

Porque é mais facil criticar e acusar! Porque é mais facil querer impor a nossa verdade!

Mas através da acusação e critica irónica...nenhum conflito ou desavença se resolveu! Pelo contrário!

Quando é que as pessoas aprendem, que através da acusação...nunca se resolveu nada?

Quando é que as pessoas aprendem que através da acusação...só aumentam mais os atritos e as dificuldades?

Definitivamente....as acusações....nunca levaram á solução! Só agravaram ainda mais!

Então porque razão, em situações de conflito.....resolvemos acusar, acusar, acusar...?

Porque não a compreensão?

Cada pessoa é um ser único....é um ser próprio com os seus pensamentos, sentimentos e contexto. E esse contexto é resultado cas circunstãncias, da educação e da Sociedade. Portanto, em determinada acção ou atitude, essa pessoa é diferente. Reaje diferente. Vive a realidade diferente.

É preciso perceber que há um conjunto de circunstâncias que determinam a sua reacção!

É preciso perceber que reajem assim nesse contexto em que estão inseridas!

E, além disso, podem errar! E, se errarem, são os seus erros...que são oportunidade para crescer e evoluir!

Porquê acusar? Porquê não compreender?

Onde está o amor afinal para perdoarmos os outros?

Onde está a tolerância, o ser solidário, que são elementos desse amor?

Porque não dialogar e compreender?

Porquê julgarmos e acusarmos?

Para onde queremos caminhar afinal?

A vida, quando pensarmos bem, escoa-se entre os dedos rapidamente!

Porque não tentar ser feliz neste pedacinho de vida que nós temos?

Afinal viver é facil....nós é que complicamos!.......Afinal o Ego e o orgulho andam sempre por aí.....para que não sejamos felizes............

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 19:57
link do post | favorito
Sexta-feira, 20 de Junho de 2008

Estar só...ou sentir a solidão...........

Estar só...ter momentos a sós...faz parte do trabalho interior...é parte do processo de encontro com o EU interior...é o local onde encontramos a maioria das respostas que procuramos....

Saber estar só...é essencial! Estar só..é efectuar o processo introspectivo....reconhecer erros e tentar melhorar...é um processo de limpeza e filtração...

A diferença entre estar só e sentir solidão é, basicamente, uma atitude de baixa de autoestima. Só sente a solidão...quem não gosta de si próprio, quem só vê defeitos em si mesmo, quem não gosta de estar acompanhado por si ...

Afinal...quem não gosta de estar consigo próprio....como poderá esperar que alguém goste da sua companhia?

Quem não gosta de si próprio..sente um vazio imenso dentro de si...que tem que ser preenchido...nem que seja pelas pessoas da rua, do café..alguém que olhe e fale para nós...ou então ...entrar na espiral das compras ...para compensar esse vazio....Não importa como, nem porquê....mas são pessoas que não gostam de estar sózinhas...porque afinal existe uma enorme solidão dentro delas próprias...

A solidão não é mais do que...medo de estar sózinhos....medo de estar com eles proprios, e com as suas fraquezas....medos, medos, medos...

A solidão é fugirmos de nós próprios, da nossa própria verdade...e procurarmos desesperadamente refúgio nos outros..A solidão é não fazermos o trabalho interior...a solidão é não nos aceitarmos como somos....

A solidão é, sempre, sermos egoístas...

Há tanto trabalho a fazer no Mundo...Há tanto amor para dar...Há tanta gente a precisar de ajuda....

Porque pensamos só em nós...ficamos sós!!!Porque, básicamente, só pensamos em nós...acabamos por sentir solidão...

Quem dá amor, quem pensa nos outros, quem ajuda os outros, quem cultiva a compreensão, a tolerância, a paciência, a solidariedade...nunca está só!

Nunca se está só..quando se ama, não só a nós proprios, como aos outros.....Nunca se sente a solidão...quando se vive no e o amor...

No entanto, a maioria das pessoas continua a pensar errado :.............. Coitado (a) de mim! Estou só! Sinto tanta solidão! ...........Lamentações  e mais lamentações.....Lamentar não resolve nada, nem dá as soluções....

Nunca se está só..quando se ama! Nunca se está só.......quando se vive o e no amor!

A solução está na luta! ............. Lute por ser feliz!.................... Lute pela felicidade!

E ame....a si e aos outros............O único caminho é ...O AMOR!

E...........nunca sentirá SOLIDÃO, mesmo estando só!..............

 

 

 

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 09:25
link do post | favorito
Sábado, 14 de Junho de 2008

Os Bloqueios que nós criamos.....

O corpo físico tem uma existência real, mas não como o vemos ou como o interpretamos.

O corpo é "apenas" um canal colocado num tempo determinado. É apenas um canal de transmissão e de circulação. Existem informações, objectivos e oportunidades que nos são veiculadas...e que nós retemos ...ou deixamos fluir.

Nós somos apenas, enquanto corpo físico, um canal que permite um fluxo de energia e/ou de luz. A capacidade que a luz tem de nos atravessar, está dependente dos bloqueios que possamos efectuar a esse mesmo fluxo de energia e/ou luz.

O nosso corpo mental e espiritual, permite o movimento de fluxo energético no corpo físico.

Ou seja, a nossa evolução espiritual estará dependente única e exclusivamente da capacidade que o nosso corpo mental e espiritual tem de permitir o movimento do fluxo energético.

Parece complicado, mas não é....

Evolução espiritual é, básicamente, a evolução como ser humano. Perceber o porquê da vida, a missão que temos e qual é o objectivo da nossa existência. Estamos cá por algum motivo certamente.

A mente são os nossos pensamentos. A capacidade que temos de decidir e optar... A capacidade de nos relacionarmos...a capacidade de amar.

A nossa mente estará assim a condicionar, através dos pensamentos, todo o fluxo de energia/luz que passa por nós...A maneira como esse fluxo energético(felicidade) se movimenta e processa em nós..será a razão para nos sentirmos bem interiormente...

Por outras palavras, o nosso bem estar interior e, mais concretamente, a nossa felicidade estará na razão directa desse fluxo de energia/luz que nos atravessa...

E onde é que nós intervimos? Porque é que somos diferentes? Porque é que algumas pessoas evoluem e outras não?

A resposta está....no bloqueio (resistência) que colocamos a esse fluxo energia/luz.

Os bloqueios que colocamos são os medos, a culpa, o passado, os preconceitos, as crenas, etc,etc,etc....

Assim, há algo dentro de nós que nos impede de ser felizes....E, por incrivel que pareça, continuamos a persistir nessa atitude, sem percebermos que estamos a impedir a felicidade...

Os bloqueios são tudo o que existe dentro de nós e que impede esse mesmo fluxo energético de circular por nós....Os bloqueios são criados por nós para impedir a felicidade...

A questão concreta então será :

- Porque razão não temos a capacidade de perceber quais são esses bloqueios ? Porque razão permitimos que existam esses bloqueios (resistências) á felicidade ?

 

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 10:14
link do post | favorito
Segunda-feira, 9 de Junho de 2008

A menina que vivia na 21ª nuvem do amor.........

No País das arvores, as arvores não voavam....No país das aves, as aves não sorriam..... No país da vida, os corações não amavam...

Perdida no tempo...encontrámos uma menina..triste, desanimada e desalentada....Vivia no Mundo do não acreditar....

E assim vivia.....

Vivia apenas o momento do aqui e agora...Saltitava da arvore da esperança para a arvore da fé....e vice-versa...

Crescia ao vento das contrariedades...

Vivia nas cores dos sentimentos......

Dormia na neblina...

Ao nascer do Sol, acordava...e saltitava de pensamento em pensamento....

Olhava para o lado...e só via o que não queria ver...

Saltitava.....mas queria algo mais para si....

Saltitava de arvore em arvore, não como uma ave, mas como um pensamento...E, habitualmente, as arvores eram negativas....Saltitava de arvore negativa em arvore negativa...num emaranhado e enovelado de pensamentos..Afinal num círculo vicioso..que não deixa voar livremente...

Olhava para o lado e só sentia medo... Medo disto, medo daquilo..num caleidoscópio de emoções e sentimentos..As pessoas estavam aprisionadas nos seus próprios medos, crenças e preconceitos..E não voavam livremente, nunca experimentavam a sensação de voar livremente, ao sabor de si proprias...

Mas...ela, a menina, sentia que existia um outro Mundo..Um Mundo para lá do visível, um mundo para lá do que a Sociedade lhe impunha...

O Mundo não podia ser apenas limitado aquelas arvores e áquele cantinho que a Sociedade lhe impunha...

O Mundo não podia ser apenas aquele materialismo, aquela superficialidade....

E um belo dia...viu alguém...a voar livremente. Diferente. Alguém que sentia intensamente cada voo que fazia

E o amor aconteceu....

E a menina ..que tinha apenas aquelas arvores da vida ...cresceu..e evoluiu..como ser humano.

Aprendeu a voar e a sentir...aprendeu a viver...

Aprendeu a crescer....

E assim conheceu a 21ª nuvem do amor.........onde passou a viver.............

Um dia, quando lhe perguntaram qual era o melhor caminho para a 21ª nuvem do amor....respondeu apenas....:

- é o amor que nos une!

O amor é o único caminho....o caminho de todas as realizações...........

A 21ª nuvem do amor tornou-se assim a nuvem do Sol, dum céu imenso.............

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 22:04
link do post | favorito
Quinta-feira, 15 de Maio de 2008

Ver a realidade, não como ela é, mas como gostaríamos que fosse....

Gostaríamos de ver a nossa realidade...Os nossos olhos e o nosso coração vivem a nossa realidade...que pensamos ser a verdadeira realidade... A Verdade!

Criamos assim a dicotomia ilusão-realidade!

Mas...somos aquilo que pensamos que somos! Mas, não é exactamente o que somos!

Pintamos a nossa vida!..... e interpretamo-la..como verdade!

Mas a verdade não a conhecemos realmente! Não concebemos a realidade para além daquilo que vemos ou daquilo que sentimos!...

As cores que colocamos no nosso olhar...não são as cores da realidade....ou seja, da verdadeira realidade! São apenas as cores da nossa própria realidade....

Então existe um desencontro entre a nossa realidade ...e a verdadeira realidade!

E aqui...ou temos humildade ou somos arrogantes! Ou seja, ...ou assumimos que somos demasiadamente pequeninos para assumirmos ser os detentores da verdade...ou tornamo-nos arrogantes e presumidos em pensarmos que somos os detentores desse verdadeira realidade...

Nós, de facto, gostaríamos que a realidade...fosse feita á nossa imagem e semelhança..Seria, de facto, o nosso próprio paraíso...

Mas, a realidade....é ela própria...e não como gostaríamos que fosse!!

O desencontro entre o que gostaríamos que fosse...e a verdadeira realidade...leva a que surjam expectativas frustradas, desilusões, tristezas e desencantos pela vida e pelos outros...

Porque a maneira como vemos a vida...também se manifesta em relação aos outros seres humanos... gostaríamos que fossem diferentes...que fossem o que gostaríamos que fossem...

Mas eles são apenas eles próprios....Ou seja, pensarmos que os outros terão que se encaixar nos nossos pensamentos e ideais....e na nossa própria realidade...é pura utopia...

É pura desilusão......

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 13:24
link do post | favorito
Quinta-feira, 8 de Maio de 2008

Quando te lembrares de mim...pisca o olho ao SOl....

Era uma vez....alguém que vivia á procura do SOl..Queria sentir..luz! ...Ser a própria luz! Queria deixar de ser..uma sombra apenas! Acreditava que havia o Sol...

Procurou, procurou.....

Tentou entrar no olhar...viver na emoção......e despertar no sorriso.....

Procurou no sucesso....procurou na fama....na própria vitória....e no dinheiro....e não encontrou!....

O Sol deveria existir para lá do horizonte...no próprio ser- pensou!!

O Sol deveria existir para lá da vida, na própria razão de viver..- pensou!!!

Tocou o coração..e sentiu um calor imenso!..Era o calor de uma luz!

Num relance..por breves momentos...sentiu e viu o Sol...

Ver o Sol, ainda que por breves momentos, é não desistir de acreditar!!!

Ver o Sol, ainda que por uns curtos instantes, é sentir que há uma razão para viver....

Acordar para o Sol...é despertar!

O Sol apareceu!..O Sol desapareceu! Breves instantes de uma vida! Longa vida num instante apenas!

Um toque...apenas!

O Sol...foi para outras paragens certamente! O Sol foi para outras vidas!...Outro alguém que precisa de ver o SOl para acordar!

Que engano desse alguém! Esse alguém deixou de ver o Sol..apenas e só ...porque o Sol estava dentro dele próprio!!! Ele tinha o Sol no coração!

Outro alguém sussurou:

- Quando te lembrares de mim.....pisca o olho ao Sol! Eu estarei dentro de ti!!!

 

 

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 10:16
link do post | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links