.posts recentes

. Dia internacional do beij...

. ...

. ...

. ...

. ...

. Os ratinhos

. O que estamos a procurar?

. Porque és mulher

. ...

. O que traduz o amor

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. Esses olhos

. ...

. ...

. ...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Dezembro 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Quarta-feira, 30 de Abril de 2014

A flexibilidade da mente.....

Espreitar pela janela....e nada ver....

Ter pontos de vista estreitos e afunilados e um apego inusitado à suas próprias ideias e convicções...reflecte o balanço de um ego que disparou, sem controle, pelos caminhos da escuridão relativamente ao autoconhecimento e à evolução como ser humano...

Ter um Ego imenso,sem pensarnos nos outros, sem saber escutar os outros...e até sem termos a capacidade de nos colocarmos no lugar do outro....é cegueira mesmo que estejamos a espreitar por uma janela....

O próprio Ego cria os seus obstáculos..o próprio Ego se automutila, abdica da energia e da serenidade...

Sem controle, o próprio Ego abdica da capacidade de se autotransformar e conquistar a paz interior...

A paz interior conquista-se pela prática diária, pela autodisciplina, pelo querer e pela motivação.

A paz interior conquista-se pelo controle do próprio Ego...

Básicamente.... é fruto da libertação dos diversos condicionantes : a ira, o ressentimento, a inveja,o ciúme, o ódio....

A fazer....e há sempre muito a fazer...é o cultivo de pensamentos positivos...

A evolução como ser humano está reflectida na capacidade que temos de saber subtrair a influência que os acontecimentos e as circunstâncias externas exercem sobre nós...

Controlar o Ego e a vulnerabilidade emocional criada pelos conflitos resultantes dessa mesma incapacidade de nos enchermos compulsivamente com o externo...

O apego ao estreitamento dos pontos de vista e a incapacidade de subtrairmos a influência que os acontecimentos externos têm sobre nós são claramente os factores mais importantes na ausência de paz interior.....

publicado por antonioramalho às 05:48
link do post | favorito
2 comentários:
De Anónimo a 30 de Abril de 2014 às 09:09
A capacidade que o ser humano tem de julgar dentro das suas Grandes Verdades é também uma forma de apego ao ego.É necessário calçar os sapatos do outro para que sim, em plenitude possamos conhecer e entender sentindo, a sua realidade e a sua verdade. A Verdade é Universal no pequeno mundo de cada um, adaptar as nossas verdades a uma que desconhecemos, parece me ser uma das formas mais prepotentes de afirmação do ego, quando a imagem que pretendemos passar é a de alguém que consegue ter um desapego que não é real. Toda a escrita é reflexo do que somos, ou ainda do que gostaríamos de ser. É importante para quem lê entender essa diferença, mas muito mais importante será para quem a escreve não se enganar a si próprio.
De Anónimo a 3 de Julho de 2014 às 19:08
Muito interessante o comentario e verdadeiro. Passa-se uma imagem completamente diferente da realidade.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links