.posts recentes

. O que pode ter quem é

. O que diga por lágrimas

. O que realmente podemos f...

. LIVRO DE POESIA

. Amor verdadeiro, realidad...

. O que aprendi no teu corp...

. A direção da oportunidade

. Vai viver o teu sonho

. Para sonhar, nos teus bra...

. Querer ser o que sentes p...

. O mar de alguém

. Chamar o vento que não ac...

. O que não quer chegar

. Conhecer o que quer dizer

. Por ti…porque és mulher!

. A Árvore da vida

. Os erros no silêncio

. A atitude de ser o presen...

. O que guiava os seus pass...

. O que confessam os teus l...

.arquivos

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Sábado, 22 de Outubro de 2005

O que é a Inteligência Emocional ?

Ser inteligente emocionalmente é um item para ser feliz, é um dos componentes para a Felicidade, é um dos segredos das relações interpessoais - é saber viver...
A inteligência emocional, na minha opinião, é decomposta em três componentes : a autogestão emocional, o conhecimento do eu interior e a assertividade/empatia . Básicamente, tem a ver , primáriamente, com o conhecimento do interior, o crescimento e a evolução desse eu interior e a relação com o exterior .
E, antes de mais, para efectuarmos a gestão das nossas emoções, temos que nos conhecermos primeiro . Sabermos como somos e o que somos ; conhecermos as nossas qualidades e os nossos defeitos .
Temos que reconhecer e identificar as nossas qualidades como ser humano e, se possivel, melhorá-las ! Mas também temos que reconhecer os defeitos, aceitá-los e, se possivel, trabalhá-los de modo a diminui-los o máximo que pudermos .Mas e, sobretudo, ter a coragem de aceitar esses defeitos ! Ninguém é perfeito !
E depois, a gestão das nossas emoções ! Básicamente, os nossos antepassados reagiam por impulsos: agiam e depois pensavam ! Tal como agem os animais . São provocados e reagem à provocação! Que diferença têm a maioria dos seres humanos ?
São provocados no trânsito e como reagem ? São provocados na rua e como reagem ? Qual a resposta do ser humano à agressividade e impulsividade dos outros ?
E, hoje em dia, é diferente ? Infelizmente não ! Os seres humanos evoluiram tão pouco . Reagem básicamente por impulsos ! Por mais que se diga, continuam a reagiar por impulsos !
E isso contribui para a Felicidade ? A agressividade não gera agressividade ? A impulsividade não gera conflitos e discussões ?
Se os seres humanos sabem que existe algo mais por trás que permite o acesso ao bem estar interior e à Felicidade, porque razão não procuram melhorar ?
Parece-me claramente que a solução se chama Inteligência Emocional !
Temos que aprender a reagiar superiormente . A nossa caminhada deverá ser essencialmente o crescimento e a evolução . Será que não temos capacidade de reagir de outro modo, que não apenas por impulsos ? Será que não conseguimos perceber que o controle das emoções negativas é o caminho ? Porque razão não devemos trabalhar o nosso eu interior no sentido da gestão das emoções negativas ?
As emoções negativas deverão ser trabalhadas, deverão ser geridas e, sobretudo, controladas !
E conhecendo as nossas emoções, teremos a capacidade para tentar perceber e compreender as emoções dos outros seres humanos . E aí residem as rela´ções interpessoais . E aí reside a sensibilidade aos outros . E aí teremos a capacidade de compreender os outros seres humanos, perceber as suas atitudes e os seus comportamentos . Assim teremos o binário eu-outros a funcionar em pleno, em respeito mútuo e compreensão .
Vivendo melhor connosco e com os outros, teremos mais hipóteses de ser feliz e de caminharmos sorridentes pela vida . E aí, cresceremos e evoluiremos como seres humanos .
publicado por antonioramalho às 19:45
link do post | favorito
2 comentários:
De Anónimo a 23 de Outubro de 2005 às 23:55
Crescer como ser humano é crescer como pessoa, mas não deverá ser, exclusivamente, a racionalidade que fará do ser humano uma pessoa (ao contrário do que muitos pensam). É pessoa quem escolhe, depois de ter ponderado as dificuldades e os riscos, um RUMO, uma direcção para a sua vida (seja ela qual for)tomando posições e assumindo responsabilidades; deste modo afirma-se não só como sujeito pessoal mas também na sua relação com os outros. É pessoa quem toma nas suas mãos a sua própria existência com os outros. SEr pessoa é disponibilidade e atitude de acolhimento para com os outros, é solidariedade com o "destino" dos outros, é dádiva gratuita...é um contínuo renovamento da responsabilidade e do compromisso moral pessoal face aos outros.
(Quem me conhece sabe que tento, todos os dias, pô-lo em prática, mesmo reconhecendo o nosso caracter inacabado!)
Creio que tudo se resume a uma questão de educação/formação moral; creio mesmo que sem repensarmos numa educação nos e para os afectos todas as teorias cairão em "saco roto", quero com isto dizer, parafraseando Sebastião da Gama, "Ninguém pode dar o que não tem"; "ninguém pode ensinar o que não sabe".
Maria Isabel
isabel
</a>
(mailto:maria_agostin38@hotmail.com)
De Anónimo a 23 de Outubro de 2005 às 23:17
Depois de um fim-de-semana atrás do meu surfista preferido (não é por ser meu filho, claro!), de praia em praia , de chuva em chuva, de estrada em estrada; depois de tar mandado o trabalhito todo às urtigas; depois de tanto sofrimento e orgulho (sofrimento quando a onda passa por cima do filhinho, orgulho quando ele a percorre e faz um gesto de vitória à mamã...deve ser uma sensação semelhante à dos marinheiros quando a prôa do navio vai abaixo); a verdade é que, apesar de tudo, sinto-me muito feliz!
Será a isto que se chama Inteligência Emocional?
Maria Isabelisabel
</a>
(mailto:maria_agostin38@hotmail.com)

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links

.Visitantes desde Junho de 2010

.De onde visitam: