.posts recentes

. Dia internacional do beij...

. ...

. ...

. ...

. ...

. Os ratinhos

. O que estamos a procurar?

. Porque és mulher

. ...

. O que traduz o amor

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. Esses olhos

. ...

. ...

. ...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Dezembro 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Quinta-feira, 4 de Setembro de 2008

O Homem que comprava pensamentos positivos e balões de esperança....

........Era uma vez um Mundo em que as pessoas eram optimistas, tinham pensamentos positivos.............tinham alegria de viver e eram felizes.......

A vida, para eles, sorria a cada canto...........Õ Sol iluminava a vida dos caminhantes....

As luzes irrompiam cintilantes esperanças.........

E a escuridão, que não encontrava companhia, refugiou-se na gruta do isolamento distante.......

Mas.......um dia, apareceu na cidade, um homem sisudo a de tom sombrio...a comprar pacotes de pensamentos positivos e balões de esperança........

........E os habitantes, que tinham felicidade no seu mundo, começaram a ser aliciados pelo lucro e não hesitaram em vender os seus pensamentos positivos e balões de esperança...Por pouco ou por muito, pensaram que já não precisavam deles e que podiam perfeitamente dispensá-los....

Afinal eram felizes!..........E pensavam que uma parte não dissipa o todo........

Todos os habitantes da cidade acabaram por vender os seus pensamentos positivos e os balões de esperança...

E...quando o comprador desapareceu....a maior parte da luz começou a extinguir-se.....e a escuridão pode afinal sair da sua gruta do isolamento para invadir vários recantos da cidade...

Os habitantes.......perceberam então que a felicidade é um todo....e que o todo, para ser completo, necessita de todos os seus componentes....

Era uma vez um Mundo, certamente............

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 10:05
link do post | favorito
2 comentários:
De Luz a 4 de Setembro de 2008 às 12:40
A Felicidade é de facto um TODO, e os pensamentos positivos e a esperança, são realmente dois elemmentos fulcrais. Vou contar-te uma história ...

Era uma vez uma menina que vivia sozinha. Por vezes sentia-se triste, faltava-lhe algo para que se sentisse realmente Feliz…Mas acreditava … sempre! Porque no seu coração vivia a esperança e na sua mente o optimismo. Por isso não se importava de estar só, porque sentia em si mesma uma Luz que a guiava num sentido… e a conduzia à Felicidade.
Mas faltava-lhe um dos componentes fundamentais para lá chegar … o Amor… E por isso não desistiu nunca, esperou dias e dias… anos e anos… porque tinha a esperança e o optimismo sempre consigo… E mesmo quando a tentavam dissuadir, nunca se desviou do seu caminho…E finalmente encontrou…encontrou aquele componente que lhe faltava e que a tornou na menina mais Feliz do Mundo!!!
E apesar de lhe tentarem “roubar” a esperança e o optimismo que traz sempre consigo continua em frente, e agora com mais persistência… porque dentro dela está, também, a força do AMOR …

Un beijinho
De Maria a 4 de Setembro de 2008 às 22:48
Olá,Poeta!
Que lindo texto!
Pessoas optimistas e de bem com a vida, transmitem sempre energia positiva!!!
É bom ter amigos que nos fazem sorrir e que nos contagiem com a tal energia positiva.
Faz-nos viver melhor e com mais alegria ,de ter a tal esperança e optimismo dentro do nosso coração e no nosso pensamento e dá-nos força para caminhar sempre para a frente de cabeça erguida e sempre com um sorriso nos lábios.
Beijinhos

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links