.posts recentes

. Dia internacional do beij...

. ...

. ...

. ...

. ...

. Os ratinhos

. O que estamos a procurar?

. Porque és mulher

. ...

. O que traduz o amor

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. Esses olhos

. ...

. ...

. ...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Dezembro 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Sábado, 2 de Agosto de 2008

Perceber a diferença entre o EU exterior e o EU interior........

Perceber a diferença entre o EU exterior (EGO) e o EU interior (nucleo onde está a nossa criança interior) é necessário.......eu diria mesmo!.....É fundamental fazer essa clivagem.!.......

O EU  exterior é criado pela Sociedade....está eivado de vícios, atitudes erradas....tem a ver com a opinião dos outros sobre nós.........É ele mesmo ...o EGO!...

Mas....o Ego limita-nos!....Intrínsecamente, contém as crenças, os preconceitos, as regras instituídas e limitantes...É, basicamente, o sinal vermelho que se nos coloca constantemente...Não deves fazer isto! Não deves fazer aquilo! ....Ou então, deves fazer isto..ou deves fazer aquilo!

O EGO impede-nos de absorver livremente a brisa do vento do Tempo.........de apreciar, de maneira pura e simples, aquilo que nos é dado ou apresentado...O EGO julga, condena...O EGO impede-nos de ser livres......

O EU interior tem a ver com o nosso verdadeiro EU....o EU autêntico..O EU puro, simples e humilde.....

O EU interior contém a nossa criança interior...É um EU de simplicidade....que brinca, salta, que não julga, nem condena....Pensa por nós, vive livremente por nós...e dança ao sabor do Tempo e de verdade....e que corre alegremente pelo caminho que escolhemos.....

Saber fazer a clivagem entre o Eu exterior e o EU interior...é determinante na atitude perante a vida! Permite sentir a frescura do aqui e agora; permite sentir o valor verdadeiro do momento; permite viver intensamente cada momento...sem os limites disto, sem os limites daquilo, sem a pressão da Sociedade........

Saber encontrar o EU interior a viver cada vez mais........Saber libertar o EU interior, saber voltar a viver a criança interior, que existe dentro de nós!....

Ou seja, se permitirmos que as nossas escolhas e opções sejam feitas pelo EU exterior, estaremos a permitir que os outros vivam a nossa vida, que nãqo sejamos perfeitamente livres na nossa atitude perante a vida!.............

sinto-me: feliza nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 18:03
link do post | favorito
5 comentários:
De Maria a 2 de Agosto de 2008 às 20:14
Olá,poeta !
Faz a tua escolha segundo o teu EU interior. Tenho a certeza que serás muito mais Feliz!!!
Se vivermos consoante o Eu exterior e segundo a opinião dos outros, estamos a anular a nossa própria felicidade !!!
Beijinho grande...
De zeza a 2 de Agosto de 2008 às 22:08
penso que está a fazer alguma confusão entre o ego e o superego. O ego que refere é o superego, segundo a teoria psicanalítica.
Peço desculpa pelo esclarecimento.
De ppmiguel a 13 de Agosto de 2008 às 03:47
Olá António,
Acho muito interessante este comentário e outros que tenho lido e ouvido acerca do Eu interior ou da criança interior. Contudo, quanto à interpretação que algumas pessoas lhe dão, permitem-se fazer tudo o que lhes apetece em nome da criança interior. Daí que, não raras vezes, essas escolhas levem a que essas pessoas passem a vida a magoar outros porque só as suas escolhas é que contam. Sem dúvida que o que queremos para nós é importante e deve ser respeitado, mas parece-me que há por aí muita gente a confundir isso com egoismo.
De Jéssica Luana Wantroba a 23 de Outubro de 2012 às 03:29
Estou incrivelmente a favor de suas palavras e pensamentos, o qual o meu Eu interior se expressa nesse momento!
De Valdir a 15 de Setembro de 2015 às 09:09
Apenas a título informativo, em 04 de outubro de 1935, minha gente, foi exposta a todos neste Mundo, a seguinte questão sentenciosa:-
- "Quem és "tu", que a ilusão é tanta, incapaz de definir o teu "eu"?
Fonte: Obras Primas de Francisco de Assis.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links