.posts recentes

. Dia internacional do beij...

. ...

. ...

. ...

. ...

. Os ratinhos

. O que estamos a procurar?

. Porque és mulher

. ...

. O que traduz o amor

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. Esses olhos

. ...

. ...

. ...

.arquivos

. Abril 2021

. Março 2021

. Fevereiro 2021

. Janeiro 2021

. Dezembro 2020

. Novembro 2020

. Outubro 2020

. Setembro 2020

. Agosto 2020

. Julho 2020

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Março 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Agosto 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Dezembro 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2008

Responder ás agressões...ou ser Inteligente emocional...

O que pensamos reflecte-se na maneira como sentimos...que , por sua vez, determina a maneira como agimos.......

Por outras palavras..a nossa atitude perante a vida é apenas a expressão do que pensamos...

Se não estamos bem, se não encontramos sentido na vida...a opção é MUDAR!...

mudarmos a maneira de pensar e, correspondentemente, mudarmos a maneira de sentir...

Quantas pessoas têm coragem de mudar, de enfrentar as crenças, os preconceitos, as normas e regras da Sociedade em que vivemos?

Quantas pessoas se atrevem a questionar as próprias atitudes?

Quantas pessoas se atrevem a ter coragem de mudar?

Em teoria...é fácil pensarmos que...é necessário mudar! Mas, na prática, quando sentimos as dificuldades do dia a dia...quando nos deparamos com os obstáculos da própria vida...a situação é diferente! Na prática, será que temos mesmo a capacidade e coragem de mudar, não só a maneira de sentir, mas sobretudo de pensar?

Ou seja, perante uma agressão verbal ou física...quantas pessoas conseguem estar tranquilas e serenas nas reacção? Quantas pessoas mantém o estado de serenidade perante essas mesmas dificuldades?

Quantas pessoas perderam a vida , em todos os sentidos, porque não foram inteligentes emocionalmente em resposta a uma agressão e reagiram apenas emocionalmente e institivamente?

Quantos sabem sempre reagir inteligentemente ao que se sente e ao que se pensa ....e que, por sua vez, se irá reflectir no que agimos?

Quantasrelações a dois desfeitas ..tão somente porque as pessoas não souberam ser inteligentes emocionalmente nos relacionamentos?

Por outro lado, quantas armadilhas nos podem colocar, ao saberem que reagimos apenas numa desproporção emocional e sem inteligencia?

Manter a serenidade perante as dificuldades...não é facil, mas é possivel! O que se tem a ga nhar? Tudo!

Como se consegue? Trabalho interior! muito trabalho!

Primeiro, perceber que a nossa reacção não é a mais adequada

Segundo, perceber como agimos..

Terceiro, trabalho, trabalho e mais trabalho diariamente

Só com perseverança...conseguimos manter a serenidade perante situação de ansiedade e adrenalina evidentes...

Mas essa serenidade é compensadora..em termos de paz interior...a tal paz que nos faz sentir de bem com a vida...e alegria por estarmos vivos!  A tal paz interior que contribui decisivamente para a nossa felicidade .

O que teremos então a perder?

Ser Inteligente emocional...é um caminho para a paz interior e para a felicidade.....

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 23:08
link do post | favorito
3 comentários:
De Maria a 23 de Fevereiro de 2008 às 14:42
Olá,
Ser Feliz é ter inteligência emocional para responder a rodas a agressões quer fisicas ou emocionais,com calma e tolerância. É ter auto-estima e auto-controlo de si próprio.
Os obstáculos da vida ,só nos abre as janelas da FELICIDADE !!!
Beijos.
De Kris a 4 de Março de 2008 às 23:07
"A inteligencia do coração" um bom livro e escrito de forma simples e clara,recomendo,muito embora não me pareça que seja necessário. Para os interessados,é da editora Pergaminho e escrito por Isabelle Filliozat.
Um bem hája. :0)
De Francisco a 21 de Novembro de 2016 às 20:14
Olá sou o Francisco tenho 17 anos e sou de Portugal, tenho tido bastantes dificudades em lidar com uma coega minha, ela está sempre a picar me, mandar bocas, basicamente a tentar fazer com que eu nao me sinta bem e eu que sempre fui uma pessoa explosiva estou a tentar idar com isto de forma calma e serena ignorando a muitas vezes mas preciso mesmo de ajuda porque eu ignoro a mas acabo por me sentir mal eu nunca fui de ter muitos amigos nem pessoas que defendessem mas devido ao meu fisico e por ter uma boa aparencia, as pessoas julgam que me acho o rei, o maior mas no entanto devo ser das pessoas que se sente mais tristes e sozinhas que alguma vez posso conhecer. Desculpem este texto todo mas eu precisava mesmo de desabafar que alguem soubesse o que se passa comigo, e agradecia mesmo muito do fundo do meu coração que me dessem alguns conselhos. Obrigado

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links