.posts recentes

. O labirinto das emoções

. A sombra do que é a luz

. O que pode ter quem é

. O que diga por lágrimas

. O que realmente podemos f...

. LIVRO DE POESIA

. Amor verdadeiro, realidad...

. O que aprendi no teu corp...

. A direção da oportunidade

. Vai viver o teu sonho

. Para sonhar, nos teus bra...

. Querer ser o que sentes p...

. O mar de alguém

. Chamar o vento que não ac...

. O que não quer chegar

. Conhecer o que quer dizer

. Por ti…porque és mulher!

. A Árvore da vida

. Os erros no silêncio

. A atitude de ser o presen...

.arquivos

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Sábado, 26 de Dezembro de 2015

A inquietude constante.........

Na pressa de chegar...na pressa de estar, de ser, de querer..

Pressa de partir, pressa de chegar.......

Pressa de estar, pressa de não estar......

Não desfrutar do bem-estar, da tranquilidade, da beleza, do ser...

A pressa de querer estar onde não estão para chegar e não estar....

A pressa de quase ser...para se não ser...

Uma inquietude constante... em cada momento...em cada dia ...na pressa de estar onde não se está...e onde não se é...

Para quê tanta pressa...se depois temos, inevitavelmente, que parar..por uma razão ou outra...

Somos obrigados a parar..mais à frente....

E nunca pensamos no bem-estar que perdemos, na tranquilidade perdida, nos momentos de vida que não desfrutámos...

Mais além, a contagem dos momentos....

A inquietude do local na falta de paciência......para saber viver....

Por medo do futuro....medo que existe para lá do muro..

Por querer ser uma inquietude...........

publicado por antonioramalho às 15:16
link do post | favorito
Sábado, 19 de Dezembro de 2015

As mensagens como sinais.........

Nos símbolos que existem para todos os seres humanos e no significado profundo que representam .....a importância de poder construir um diálogo interior como uma ilha imaginada.

Faz-nos lembrar que se pode soltar de repente.....quando isso acontece...na discrepância de uma ligação.... Teríamos detetado as falhas?

Espalham-se como modelos  e como meio de informação...... quando se torna instável o conhecimento na tarefa diária...

Será possível estarem entre as explicações que julgamos ser?

Curiosas semelhanças existem no que descobrimos como locais de refúgio em áreas ligadas ás direções da vida....

É empolgante descobrir se queremos enfrentar o conhecimento.....

Conter uma mensagem nos chips por ver e aceder ao futuro por explorar.....

De algum modo para acedermos à energia criada...... e que faz sentido no que sabemos....devemos fazê-lo para tentar perceber...

Quando vemos as mensagens possíveis a que pertencemos no campo de energia que rodeia o registo em tempo real.....

Não sabemos o que esperar e o que emitem, mas correspondem ao que se permite usar para a nossa vida.

Não temos grandes expectativas em captar o conhecimento que emana das mensagens como sinais...porque não temos capacidade para tal....ou não sabemos que existe....

As mensagens apontam caminhos ...os sinais são direcções a seguir............

Com cores diferentes podem, de facto, mostrar o caminho?

No verdadeiro poder que acontecerá se se concretizar, se for verdade para nos ajudar.......

Sairá sempre uma lição na viagem por encontrar...

Revela a verdade na forma que capta...a verdade no propósito diante dos nossos olhos....

Por alguma razão vamos encontrar os sinais............

publicado por antonioramalho às 00:52
link do post | favorito
Domingo, 13 de Dezembro de 2015

Desenhar com as palavras.....

Por detrás de um papel....alguém pegou em palavras, frases, momentos, comentários e beleza....e libertou a chama que existe em nós....
Na magia de um texto, as emoções escaparam ao autor e saltaram para uma folha de papel em branco...numa espiral de luzes, estrelas e querer...
O momento escolheu ..o amor e a criatividade e nada foi melhor....
As frases, como que por magia, desapareceram num baile ininteligível e deliciaram-se na música do encantamento que tínhamos de ter feito...
As palavras desenharam uma vida....numa liberdade de sonhos....uma luz...e percorreram os espaços....navegaram num mar invisível e......desenharam uma história que ninguém pode deter...
Não pode ter sido tão fácil...mas corremos o risco ...e aconteceu.....
As palavras desenharam emoções numa vida inacreditável para ser vivida...e que precisávamos para dizer a verdade.....
As pessoas irão dizer que não viram os desenhos....que é invenção.....mas depois de sentirem...conseguem ver, de facto, os desenhos invisíveis das palavras do amor....construídos numa vida de oportunidades que deveriam ter vida....
Nunca desapareceram os sinais invisíveis dos desenhos..........
publicado por antonioramalho às 19:18
link do post | favorito
Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2015

Há momentos para emoldurar...

Uma pequena luz por baixo de uma semente que insiste em não poder ser utilizada muito intensamente no perfume de uma ocasião....
Sente-se na leveza de momento belo e doce que pode mudar-se para cá......... pela prática de um paradoxo possível que vamos ver e encontrar no amor....
O local onde acontece......
Voltar a desfrutar do que aconteceu....porque estavam no tempo máximo...para atingir o entusiasmo original...... a partir do que não se faz....
É parte de uma pequena conversa que subiu o rio do impossível......sem saber o resultado.....
Misturar a admiração com imensa paixão que desenvolveram......foi uma impressão tão facilmente presente......
Por sua causa....... no interior....sabe disso........como se aquilo não bastasse....
Esquece-se tudo enquanto se queimam........na sensação incrível...
Chegar mais depressa...o suficiente....
Seria seguramente invulgar...........
Depende do ponto de vista........
A melhor solução decorou o coração de alguém....
Começam a vasculhar na incerteza da procura que sempre interessa como parte de nós....
Escolhemos as circunstâncias de conjugação que começam no estilo alcançado...onde há de tudo.......para convencer...
No entanto, nos momentos agradáveis...prefere esgueirar-se....para trás do Sol...
Está alguém atrás do Sol?........
Só quero ver o teu sorriso..........
publicado por antonioramalho às 21:54
link do post | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.links

.Visitantes desde Junho de 2010