.posts recentes

. O que pode ter quem é

. O que diga por lágrimas

. O que realmente podemos f...

. LIVRO DE POESIA

. Amor verdadeiro, realidad...

. O que aprendi no teu corp...

. A direção da oportunidade

. Vai viver o teu sonho

. Para sonhar, nos teus bra...

. Querer ser o que sentes p...

. O mar de alguém

. Chamar o vento que não ac...

. O que não quer chegar

. Conhecer o que quer dizer

. Por ti…porque és mulher!

. A Árvore da vida

. Os erros no silêncio

. A atitude de ser o presen...

. O que guiava os seus pass...

. O que confessam os teus l...

.arquivos

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Terça-feira, 10 de Janeiro de 2012

A luz da Lua.....

Somos nós....que vemos a luz ao longe, mas não deixamos de estar na escuridão!....

Somos nós, ás vezes, a luz...mas não deixamos de sentir a solidão!....

Somos nós a dor....mas não deixamos de sentir a sua falta!........

Somos nós o ar.....mas não deixamos de sentir a sua falta!

Somos nós o calor ....mas não deixamos de sentir a ausência!

Pensamos que nos compreendemos...mas depois percebemos que não!...

Pensamos que compreendemos os outros...mas depois percebemos que não!

Pensamos que vivemos rodeados de pessoas...mas depois sentimos que estamos sós...no meio da escuridão!

Olhamos para a Lua...serena ao longe...e percebemos que caminhamos sós na escuridão!

Como é triste o que sentimos na escuridão!

Porque é que somos diferentes?

Porque não procuramos, como a multidão, o candeeiro de luz da atracção?

Porque continuamos a acreditar na luz da Lua?

Porque continua a multidão ao redor, viciados, do candeeiro de luz da atracção?

Que bebem as pessoas de tão viciante candeeiro?

Bebem e voltam a beber....hipnotizados!

Qual vício, qual obsessão!........Quanta frustração.......que não percebem....que não têm força para perceber......

Quanta intensidade desperdiçada.................

Uma e outra vez.....e esvoaçam perdidamente ao redor do candeeiro de luz da atracção, enebriados, hipnotizados......

Poucos, muito poucos, procuram a luz da Lua!....

Poucos...esses...... que continuam a caminhar e a acreditar que a conseguem alcançar!

 

 

 

 

 

 

publicado por antonioramalho às 18:08
link do post | favorito
Domingo, 1 de Janeiro de 2012

A vida como um fluxo.........

A vida deverá funcionar como as águas de um rio...........em fluxo permanente!

O corpo físico e mental tem um sensação de bem estar permanente e felicidade.....sempre que percorrido num fluxo ininterrupto de corrente....um movimento sem paragens...sem interrupções.............um fluxo contínuo de vida...........

O egoísmo e o orgulho  provocam um bloqueio ao fluxo de vida......não permitindo essa circulação...O túnel de vida é dominado pelo Tempo, numa dimensão diferente.....

Com o egoísmo, o fluxo de vida estagna, não permitindo o alinhamento entre o interior, o Eu, e o meio exterior, ambiente e Universo.

Penso que a felicidade está directamente relacionada com esta dinâmica do fluxo de vida....que entra em nós ...e é bloqueada ou não!....

Nós, a nossa missão nesta vida, a nossa felicidade, não é mais do que a capacidade de desbloquearmos essa dinãmica do fluxo de vida.....

A chave para desbloquearmos o fluxo de vida,......bloqueio que é inerente ao ser humano......, é a gratidão e o sorriso!!!...

Quando se está grato pelo que se tem, pelo que se é.....conseguimos interagir, em sintonia perfeita com o OUT, na realidade do querer ajudar e servir o próximo........

Os outros são claramente a razão da gratidão......e a gratidão a chave do fluxo de vida.........

O IN tem que agradecer. ........ agradecer o ter e o ser....

O IN , por intermédio da gratidão e dum simples sorriso, permite a sintonização perfeita com o OUT, anulando a dimensão do Tempo e criando a sensação de bem estar e felicidade...

O IN, por intermédio do egoísmo e do orgulho, bloqueia o fluxo de vida...não permitindo a sintonia.....com o OUT.

 

publicado por antonioramalho às 12:09
link do post | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links

.Visitantes desde Junho de 2010

.De onde visitam: