.posts recentes

. O que pode ter quem é

. O que diga por lágrimas

. O que realmente podemos f...

. LIVRO DE POESIA

. Amor verdadeiro, realidad...

. O que aprendi no teu corp...

. A direção da oportunidade

. Vai viver o teu sonho

. Para sonhar, nos teus bra...

. Querer ser o que sentes p...

. O mar de alguém

. Chamar o vento que não ac...

. O que não quer chegar

. Conhecer o que quer dizer

. Por ti…porque és mulher!

. A Árvore da vida

. Os erros no silêncio

. A atitude de ser o presen...

. O que guiava os seus pass...

. O que confessam os teus l...

.arquivos

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Sábado, 31 de Outubro de 2009

O viajante de sonhos....

Era uma vez um viajante de sonhos que, em tempos idos, tinha muito trabalho....Ele saltitava de sonho em sonho, noite inteira, de pessoa para pessoa, num frenesim sem parar....

O viajante de sonhos pintava os sonhos.............. com tinta colorida....Os sonhos eram realizados a cores....

Mas,  havia uma condição para ele pintar os sonhos....só conseguia pintar os sonhos das pessoas que acreditavam....no amor....E que acreditavam que era possivel ser feliz...

A pouco e pouco, no entanto, cada dia trabalhava menos.....até que ....deixou de sair á noite....As pessoas deixaram de acreditar no amor...E os sonhos passaram a ser a preto e branco...sem brilho, sem luz...

Até que um dia, um menino Vida começou a acreditar no amor...e que era possivel ser feliz....O viajante dos sonhos começou novamente a trabalhar a noite inteira.....Os sonhos eram pincelados com todas as cores numa alegria imensa......e o menino começou a sentir uma sensação tão agradável quando acordava...O viajante dos sonhos sentiu-se novamente feliz por realizar o seu trabalho.....e a noite inteira assobiava  e sorria enquanto pincelava a tela dos sonhos....

E...um dia mais.....soube da existência duma menina que também começava a acreditar no amor....e rápidamente foi a correr para os sonhos dela....trabalhou a noite toda.....e pintou os sonhos mais coloridos ....

No dia a seguir, continuou a pintar os sonhos , do menino e da menina....

E...uma bela noite.....o viajante dos sonhos, enquanto trabalhava nos sonhos do menino e da menina, começou a ver uma claridade imensa....Era uma luz imensa que se erguia do sonho do menino   e que se dirigiu para o sonho da menina.....e fez-se uma ponte....uma ponte de luz e de cor....era o ponte do arco-íris....a ponte da luz e do brilho...a ponte do acreditar....a ponte do amor....

O menino vida a menina alegria envolveram-se no amor do arco-íris.....

A partir daí....sempre que aparece o arco-íris.....é mais uma ponte do amor e do acreditar que é possivel ser feliz ...que acontece entre duas pessoas.....

 

sinto-me: Feliz por viver....
publicado por antonioramalho às 20:35
link do post | favorito
Sexta-feira, 30 de Outubro de 2009

O beijinho de amor sem fim....

Numa manhã de calor suave, uma chama de vida despertou alegremente.

O amanhecer acordou á beira do vulcão.

As cores da emoção não sonhavam com a intensidade de tal despertar...

Nos socalcos do caminho da felicidade, um menino chamado Rebeldia, que caminhava paciente e humildemente, distribuía sorrisos á passagem.......

Mas, pelo caminho do olhar, surgiu então uma menina linda, chamada Beleza do coração.

Atracção. Suspiro. Ansiedade. Palpitação..

E a música que não pára de tocar....

E o vento que não pára de sibilar............

Num instante, envolveram-se na aura do encanto, entregaram os corações e abriram as portas da emoção...

Um tempo depois, surgiu do Mundo da afectividade, um feiticeiro meiguinho e doce, chamado beijinho de amor sem fim....

O beijinho de amor sem fim....tocou á porta do agora, tocou suve e indelével e entrou na emoção, percorreu o coração, envolvendo-os na dança da paixão......

................................................e partiu de mansinho...

Quando partiu ....o menino Rebeldia e a menina Beleza do coração estavam de mãos dadas..

Olharam á volta...................

................................e viram nascer três flores : a alegria, a felicidade e o amor....

...........e ainda hoje, o beijinho de amor sem fim....faz abrir as portas do coração.....

 

 

 

sinto-me: Feliz por viver
publicado por antonioramalho às 23:25
link do post | favorito
Sábado, 24 de Outubro de 2009

O caminho e a Flor.

Era uma vez um caminho.....que não caminhava...

Era uma vez um caminho, que se cruzava com muitos outros caminhos......

Um caminho ....que cruzava pontes, navegava mares, corria montes, serras e vales....

Era um vez um caminho.... que sabia voar, envolver-se no azul do céu.....e contemplar a vida...

Muito caminhava, sem caminhar.....muito chegava, sem chegar...e acabando sempre no deserto......

Um dia...encontrou uma flor no caminho.....que exalava um perfume de encantamento....

Sem saber, o perfume levou-o para caminhos desconhecidos, sensações inebriantes ....que o levavam para lá da imaginação....

O perfume fez correr a água no deserto....

O perfume fez nascer a vida no olhar....

- Onde me leva este perfume, linda Flor? - perguntou o caminho

- Leva-te ao caminho do coração...........-respondeu a Flor

O caminho absorveu o perfume.......envolveu a Flor.....e correram no calor das sensações..

O Sol acordou...... A lua brilhou.......As arvores cantaram uma canção.......e juntos chegaram ao coração........

Criaram a meta e descobriram a beleza da partilha....Juntos descobriram a vida...

Para lá do coração, estará sempre um caminho e uma flor.......

sinto-me: Feliz por viver....
publicado por antonioramalho às 22:39
link do post | favorito
Quinta-feira, 22 de Outubro de 2009

O passarinho que levava beijinhos.....

Era uma vez um passarinho....

De tanto cantar, triste ficou.....Queria sonhar, queria viver, queria pintar o Mundo de todas as cores ....

Um passarinho

.........................que saltitou, saltitou.......

De ramo em ramo, de arvore em arvore........

Na tela da vida...............................uma canção ficou.................

Um passarinho aqui passou............brincou com o vento.....voou............

Era uma vez...um passarinho....

.....................que de tanto saltitar....cansado um dia......posou....

Brincou nos ramos, uma canção deixou.....

........................e um beijinho meu levou.....................

Voou para o outro lado do coração...................Esgeuirou-se entre as notas de música, dum Tempo desgarrado....

Lutou contra as ondas do demais....e uma canção...cantou.....

Voou, inundado de amor....

O passarinho voou...e um beijinho levou.....

Não disse a quem o levou.......

..........................e quem escreveu...corou...................

sinto-me: Feliz por viver
publicado por antonioramalho às 10:56
link do post | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.links

.Visitantes desde Junho de 2010

.De onde visitam: