.posts recentes

. O labirinto das emoções

. A sombra do que é a luz

. O que pode ter quem é

. O que diga por lágrimas

. O que realmente podemos f...

. LIVRO DE POESIA

. Amor verdadeiro, realidad...

. O que aprendi no teu corp...

. A direção da oportunidade

. Vai viver o teu sonho

. Para sonhar, nos teus bra...

. Querer ser o que sentes p...

. O mar de alguém

. Chamar o vento que não ac...

. O que não quer chegar

. Conhecer o que quer dizer

. Por ti…porque és mulher!

. A Árvore da vida

. Os erros no silêncio

. A atitude de ser o presen...

.arquivos

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Quarta-feira, 16 de Julho de 2008

Os mistérios de um olhar.........

Olhei para ti e não vi, mas vi!.....O que vi, não sei, mas senti!........Senti o movimento do teu coração. Senti o meu calor unido ao teu, numa dança intemporal. Uma viagem sem dimensão espacial e temporal.

Foi um segundo.Foi um instante. Foi um mpovimento. Foi uma vida.

Não sei o que passou por mim...mas passou rapidamente! Não sei o que passou por mim...mas captou-me totalmente a atenção!...

O vento que sopra forte e intenso...o levou.....

Saltou..conquistou...seduziu...desafiou.........

Foi um brilho...Foi uma luz!...Foi o amor que cresceu e aprendeu a voar........

Movimentos de vida, movimentos do tempo...........

Um simples olhar, meu no teu, cruzamento de luzes cintilantes..Vida que continua......

Para lá do horizonte..caminhamos lado a lado, olhares meigos, carinhosos e doces....Olhares que se movimentam, que não param............

Olhares que falam no silêncio!.Olhares que dizem tanto!..Olhares que dizem tudo!..Perceber o desejo do outro olhar...a sua expressão....a sua dor...o seu amor!.....

E a vida que se perde no olhar....

Olhar, mas não ver...a beleza da Natureza, a beleza dos pequenos gestos, a beleza das pessoas....

Não saber apreciar o que de bom se nos é oferecido num olhar! Não saber ver a beleza do interior!

Olhar para a beleza e não ver!..Olhar para a vida e nada ver! Olhar para a felicidade e não ver!

Saber olhar é amar! Saber olhar ..é compreender!

A dimensão de um olhar é total! É olhar e ver! Compreender e amar! Saber ver! Ver as cores e emoções num simples olhar!

A dimensão de um olhar encontrou-nos! Na dimensão de um simples olhar, percebemos..que erámos nós! O Eu que encontra o Tu!

Um olhar pode dizer tanto!...Até existe a psicologia do olhar! E pode também não dizer nada..se olharmos..sem ver! Se olharmos só por olhar!

Perceber o olhar! Perceber a emoção que o olho encerra! Perceber o olhar..é perceber a vida! O Olhar como espelho da alma! Penetrar o olhar! Entrar no interior, percorrer o coração e a mente!

A expressão do corpo no olhar..........................

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 11:39
link do post | favorito
Domingo, 6 de Julho de 2008

Compreensão ..e não acusação!

Porque conviver é difícil ! Porque viver a dois é dificil ! Porque queremos impor sempre a nossa verdade! Porque queremos ter sempre razão!

Em qualquer situação de relações interpessoais, seja de cariz pessoal, familiar ou profissional..a via mais fácil, em situações de dificuldade ou ruptura, é a acusação.........a critica mordaz....ou a ironia....

Porque é mais facil criticar e acusar! Porque é mais facil querer impor a nossa verdade!

Mas através da acusação e critica irónica...nenhum conflito ou desavença se resolveu! Pelo contrário!

Quando é que as pessoas aprendem, que através da acusação...nunca se resolveu nada?

Quando é que as pessoas aprendem que através da acusação...só aumentam mais os atritos e as dificuldades?

Definitivamente....as acusações....nunca levaram á solução! Só agravaram ainda mais!

Então porque razão, em situações de conflito.....resolvemos acusar, acusar, acusar...?

Porque não a compreensão?

Cada pessoa é um ser único....é um ser próprio com os seus pensamentos, sentimentos e contexto. E esse contexto é resultado cas circunstãncias, da educação e da Sociedade. Portanto, em determinada acção ou atitude, essa pessoa é diferente. Reaje diferente. Vive a realidade diferente.

É preciso perceber que há um conjunto de circunstâncias que determinam a sua reacção!

É preciso perceber que reajem assim nesse contexto em que estão inseridas!

E, além disso, podem errar! E, se errarem, são os seus erros...que são oportunidade para crescer e evoluir!

Porquê acusar? Porquê não compreender?

Onde está o amor afinal para perdoarmos os outros?

Onde está a tolerância, o ser solidário, que são elementos desse amor?

Porque não dialogar e compreender?

Porquê julgarmos e acusarmos?

Para onde queremos caminhar afinal?

A vida, quando pensarmos bem, escoa-se entre os dedos rapidamente!

Porque não tentar ser feliz neste pedacinho de vida que nós temos?

Afinal viver é facil....nós é que complicamos!.......Afinal o Ego e o orgulho andam sempre por aí.....para que não sejamos felizes............

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 19:57
link do post | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.links