.posts recentes

. O labirinto das emoções

. A sombra do que é a luz

. O que pode ter quem é

. O que diga por lágrimas

. O que realmente podemos f...

. LIVRO DE POESIA

. Amor verdadeiro, realidad...

. O que aprendi no teu corp...

. A direção da oportunidade

. Vai viver o teu sonho

. Para sonhar, nos teus bra...

. Querer ser o que sentes p...

. O mar de alguém

. Chamar o vento que não ac...

. O que não quer chegar

. Conhecer o que quer dizer

. Por ti…porque és mulher!

. A Árvore da vida

. Os erros no silêncio

. A atitude de ser o presen...

.arquivos

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Quinta-feira, 2 de Agosto de 2007

A Ilha do amor...............

O vento e a nuvem encontraram-se.....

Num certo lugar, num espaço idilico.....numa fase,num espaço, num fragmento...

Encontraram-se....no céu, no horizonte, no por do Sol.....

E o espaço....deixou de ser ...um dia de Sol....Um Sol imenso...que aqueceu, que inundou...que vibrou....

A nuvem e o vento encontraram-se no céu...visitaram montanhas, aldeias e vales.....Deliciaram-se num abraço apertadinho...brincaram...correram....e voaram....

Venceram obstaculos, mas tambem os criaram; sentiram alegria , mas tambem tristeza....; acolheram sorrisos, mas tambem lágrimas; acolheram esperança e fé, mas também....desespero....

Acolheram calor humano, mas tambem o contrario.......

Encontraram o tempo, que lhes disse:

- Voces estao para além do tempo, para alem do espaço....para alem da idade!

E então quiseram ir mais além...para além do desafio, do medo, dos obstaculos, das barreiras intransponiveis

Quiseram ir para além do pensamento e do sentimento! Conseguiram ir para além deles proprios!

Quiseram ir para além do possivel...e do impossivel!

E então o Sol aqueceu, aqueceu.....num calor sufocante!....As pessoas ficaram inquietas...mas também num torpor!

Sem eles...a vida...não era nada! Sem eles...nem havia vida!

Onde estavam o vento e a nuvem?

Quem disse que o Sol...não é o amor?

Quem disse que o vento...não é...o sentimento....?

Quem disse que as nuvens ...não são...os pensamentos?

Quem disse que o mar...não é a vida? e as proprias ondas...cada momento presente?

Quem disse ....que afinal....a Natureza não somos nós proprios?

sinto-me: acredito no amor
publicado por antonioramalho às 21:51
link do post | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.links

.Visitantes desde Junho de 2010