.posts recentes

. O labirinto das emoções

. A sombra do que é a luz

. O que pode ter quem é

. O que diga por lágrimas

. O que realmente podemos f...

. LIVRO DE POESIA

. Amor verdadeiro, realidad...

. O que aprendi no teu corp...

. A direção da oportunidade

. Vai viver o teu sonho

. Para sonhar, nos teus bra...

. Querer ser o que sentes p...

. O mar de alguém

. Chamar o vento que não ac...

. O que não quer chegar

. Conhecer o que quer dizer

. Por ti…porque és mulher!

. A Árvore da vida

. Os erros no silêncio

. A atitude de ser o presen...

.arquivos

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Terça-feira, 24 de Janeiro de 2006

Nada acontece por acaso.....

A vida é uma caminhada com encontros e desencontros; a vida está recheada de Oportunidades!
Essencialmente, a vida é uma escola, onde temos oportunidade de evoluir como seres humanos.
E a nossa evolução está condicionada pela oportunidade que temos de crescer.
As pessoas que encontramos são nossos guias e nossos mestres espirituais, que nos fazem reflectir e questionar.
Básicamente, orientam-nos!
Quer seja no sentido positivo ou negativo, encontramos sempre oportunidade de crescimento espiritual em qualquer ser humano que encontramos!
Determinadas pessoas fazem-nos emergir as emoções negativas (ira, raiva). Aí temos oportunidade de crescimento através da ponte de equilíbrio : neutraliza o negativo através do positivo.
Manifestando tolerância, compreensão e paciência face a alguém que investe sobre nós as emoções negativas .
A resposta que nós damos ( emoções negativas ou positivas ) face aos problemas ( obstáculos ) e ás oportunidades com que somos confrontados no dia a dia vai determinar a nossa evolução e crescimento pessoal .
Quer os acontecimentos que nos acontecem a cada momento( quer sejam positivos ou negativos) , quer as pessoas que encontramos e desencontramos ( quer sejam positivas ou negativas) vão determinar em nós decisões. E são essas decisões que irão ser benéficas ou maléficas na nossa caminhada ; e são essas decisões que vão determinar se erramos ou não; e são essas decisões que vão orientar a nossa caminhada; e são essas decisões que nos irão fazer crescer e evoluir como seres humanos .
Nada acontece por acaso na nossa vida ! Tudo tem um significado e tudo é uma oportunidade de crescimento.
De facto, o ser humano evolui errando, observando esses erros e corrigindo-os....
publicado por antonioramalho às 22:10
link do post | favorito

Tens que libertar-te dos medos....

O ser humano vive continuamente em dois estados: o estado do amor e o estado do amor; um é incompatível com o outro. Não se pode viver o amor se estivermos no medo. Quem tem medo, não ama!
Quem tem medo de ser feliz...nunca será feliz!
Quem tem medo de amar...nunca amará!
Quem tem medo da insegurança, financeira ou emocional...nunca tomará decisões na direcção do amor!
Quem tem medo do futuro...não vive o momento presente!
Quem tem medo de caminhar...nunca conseguirá caminhar!
A vida está recheada de insegurança: o futuro é imprevisível. A vida é ela mesmo uma incógnita!
Se não tivermos a coragem de assumir o controle da nossa caminhada, aceitando a responsabilidade pelos nossos passos e decisões, não saberemos conquistar as vitórias...nunca conseguiremos chegar à meta.
O medo é uma prisão e o amor é, essencialmente, liberdade!
O medo aprisiona! O medo de perder o outro, o medo da solisão, o medo de perder o que temos!
O amor, na sua essência, é liberdade! Tem que ter espaço para a criatividade e espaço para crescer. O amor nunca se poderá aprisionar; caso contrário, morre!
Quem se deixa aprisionar pelo medo, não caminhará mais: está imobilizado!
Nunca conseguiremos descobrir o que está para lá do medo!
E o amor estará sempre para lá do medo!
Só tendo a coragem de ser feliz poderemos ter a capacidade de caminhar; só tendo a coragem de ultrapassar os nossos medos poderemos conseguir amar!
No estado do amor, não existem medos! O medo pertence ás pessoas que serão infelizes , frustradas e incapazes de amar!
O medo pertence aos vencidos. O amor pertence aos vencedores, a quem acredita na felicidade, a quem tem a coragem de vencer os medos!
publicado por antonioramalho às 13:13
link do post | favorito
Sábado, 21 de Janeiro de 2006

a felicidade não é um lugar.....

A felicidade não é um lugar para onde se vai, mas um estado interior que se cria.
A felicidade não se adquire; está na atitude que temos face aos acontecimentos do dia a dia .
A forma como nos contemplamos a ñós próprios e como contemplamos os outros vai determinar a maneira como pensamos e como sentimos. E isso vai condicionar a paz interior e a serenidade, elementos indispensáveis na mochila do caminhante da felicidade .
Só podemos estar bem com os outros se estivermos bem connosco próprios . E é aí, exactamente, que começa a busca e o caminho : DENTRO DE TI!
a felicidade não é uma meta que se atinja; a felicidade é a meta por si mesma!
Em cada momento da vida encontramos sempre algo de novo: há sempre oportunidades e, também, obstáculos.
Esse elemento novo condiciona decisões, umas simples e sem importância de maior, mas outras, fundamentais, que impliquem muitas vezes mudar a trajectória do nosso caminho em 180 graus .
Nunca é demasiado tarde para mudar!
Nunca é demasiado tarde para acordar!
Nunca é demasiado tarde para perdoar!
Nunca é demasiado tarde para corrigirmos os erros!
Nunca é demasiado tarde para volatra a começar!
No fundo, a vida é uma escola, espiritual e material. Estamos continuadamente a aprender; estamos frequentemente a errar!
O segredo da felicidade está em aprender e voltar a aprender!; o segredo da felicidade é uma procura da perfeição, no sentido duma melhoria como ser humano!
Só limando as arestas dos nossos defeitos e cultivando as qualidades do Bem ( tolerância, generosidade, paciência, bondade, compreensão, humildade) poderemos caminhar com paz interior na mochila.
Temos tanto cultivo a fazer no nosso Eu interior, que não temos tempo a perder com julgar e criticar os outros.
A vida dos outros não nos pertence; nem somos nós os juízes do Bem!
E quem desperdiça o tempo com a cosquvilhice alheia, não tem tempo para trabalhar o Eu interior e perder a oportunidade de encher a nossa mochila com paz interior .
Por outro lado, o trabalho interior que efectuarmos vai permitir-nos aguentar os solavancos do meio exterior. Não podemos permitir que a nossa paz interior esteja condicionada aos tais factores externos.
A paz interior tem que estar sustentada em bases sólidas e estruturadas para não ceder ás agressões do meio exterior.
a felicidade é, acima de tudo, um trabalho constante do EU interior , no sentido de melhorar, dia após dia, momento após momento.
publicado por antonioramalho às 17:45
link do post | favorito
Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2006

olhar para dentro, olhar para fora....

Quem olha para fora, ou sonha ou diz mal...Quem olha para dentro, desperta.
Olhar pela janela do corpo significa admirar o mundo e sonhar...imaginar o que seria se ..querer o que se vê...desejar ter isto ou aquilo
Olhar pela janela do corpo é suspirar pela vida..por algo mais; olhar para fora é sonhar, ou dizer mal.
É preocuparmo-nos com a vida dos outros, é vivermos uma vida que não é a nossa! Olharmos para a vida dos outros é um desperdício; olhar para a riqueza e a opulência é sonhar!
Olharmos para dentro é reflectirmos; é melhorarmos; é esculpirmos o nosso Eu interior !
Olhar para dentro é permitirmos que naveguemos no mar interior e visitemos todos os lugares das nossas qualidades e os nossos defeitos; olhar para dentro é trabalhar esses lugares do nosso Eu interior !
Olhar para dentro é trabalhar os nossos defeitos , no sentido de melhoria...no sentido da evolução como ser humano.
No fundo, melhorarmos como ser humano é conseguirmos ir além da simples essência da vida; conseguirmos ir além da simples e básica vivência .
Viver não é apenas passear o físico pela vida ao sabor das necessidades básicas; viver é algo mais...é transcender o físico; é perceber que existe algo mais!
Viver é perceber que existe o caminho da Felicidade; viver é amar e ser amado; viver é viver o amor!
Viver é percebermos que o Eu interior trancende o Eu exterior.
Viver é deixar espaço livre à criatividade do Eu interior!
Acordar ...é perceber a diferença entre olhar para fora e olhar para dentro . E é precisamente nesse momento que se dá a transformação interior...E a tranformação interior é a condição básica para acordar...E acordar é condição essencial para caminhar...para evoluir...para crescer!!
Olhar para dentro é o primeiro passo para o crescimento pessoal...
publicado por antonioramalho às 00:10
link do post | favorito
Quarta-feira, 11 de Janeiro de 2006

Tudo é relativo......

Na vida aapercebemo-nos de que aquilo que pensamos ser absoluto e ser tudo...afinal não passa de ...relativo! Afinal tudo é relativo!
Tudo na vida é relativo! Apenas os nossos pensamentos determinam o facto de pensarmos que algo é absoluto!
Quer naquilo que pensamos, quer naquilo que sentimos...tudo é relativo! O pensarmos que é tudo para nós, que aquilo ou aquela pessoa é tudo para nós...não deixa de ser relativo! Nós é que determinamos o caracter absoluto das coisas ou pessoas através dos pensamentos que criamos.
Quer a amizade, quer o amor, quer outra qualquer emoção positiva, não deixam de ser relativas ! São o que são, apenas ! E não aquilo que pensamos que deveriam ser !
Pensarmos que existe algo absoluto ...é pura ilusão!
Temos que pensar que tudo, mas mesmo tudo...é relativo!
Nós, os nossos pensamentos apenas, é que determinamos que algo possa ser absluto ! Mas a realidade é ela mesma, única e relativa!
Até o próprio Tempo é relativo. É determinado pela maneira como nos sentimos : se estamos a sentir-nos num momento feliz, o tempo é rápido a passar; se estamos tristes e deprimidos e sem nada para fazer, o Tempo demora a passar .
Afinal nada é absoluto . Tudo é relativo!
Aquilo que somos, aquilo que fazemos..tudo é relativo! A importãncia que atribuimos a nós próprios é...perfeitamente relativa. A importância que atribuimos aos outros é ela própria relativa!
Até os próprios medos, as próprias crenças e preconceitos...são relativos !
A Teoria é relativa!
A Prática é relativa!
A vida é relativa!
Nós somos relativos!
Afinal tudo é relativo!
Percebendo que tudo é relativo...não atribuiremos importância exagerada, nem criamos dependência ás coisas ou ás pessoas ...e poderemos sentir o fluir da vida!
publicado por antonioramalho às 23:39
link do post | favorito

Não conseguimos mudar os outros....

Não conseguimos mudar os outros, mas podemos e devemos mudar a nossa maneira de pensar ...
Mudar os outros é impossivel ! E, além disso, é um desgaste energético enorme !
Mudar os outros não é possivel ! Os outrosseres humanos só podem mudar por eles próprios . Não adianta termos a presunção de que podemos mudar os outros ! Mudar os outros é impossivel !
Frequentemente, numa relação a dois, encontramos um dos dois elementos do casal, que pensa que, casando, consegue mudar o outro . Nada de mais errado! E mudar os outros é limar as arestas que não gostamos ou que é incompatível !
Ninguém consegue mudar os outros !
Os outros têm um caminho de evolução humana a seguir . Um caminho onde vão enocontrar obstáculos e oportunidades que os farão crescer como seres humanos .
Não somos nós que determinamos o crescimento dos outros ; os outros vão evoluir e crescer por eles próprios .
Ninguém consegue mudar os outros! Os outros são eles próprios ! São eles próprios a errar e a aprender com esses erros que cometem ; são eles próprios que vão tomar a responsabilidade pelas diferentes decisões que tomam; são eles próprios que vão querer evoluir ou não; são eles próprios....
Querer mudar os outros é pura perda de energia ! É um desgaste emocional tremendo, com um resultado sempre negativo !
Mas podemos mudar a nossa maneira de pensar ! Aí sim, é possivel e desejável !
A maneira como pensamos, a capacidade de pensarmos Bem ou Mal, o modo de pensar negativo ou positivo, pode ser mudado!
Diante de um acontecimento, podemos ver os defeitos e criticar, ou podemos ver o aspecto Bom e elogiar.
Numa determinada situação, pensamos sistematicamente de um modo negativo ( um copo meio vazio) ou positivo ( um copo meio cheio ).
Porquê pensar sempre negativo nesta situação ou naquele acdontecimento ? Porque razão vemos sempre o lado negro ?
É evidente que isso não é fácil ! Não é fácil mudar a nossa maneira de pensar!
Não é fácil, mas é possivel e desejável ! É possivel através duma transformação interior. É possivel através da possibilidade de limar as nossas arestas ( aspectos negativos do nosso caracter ) e aperfeiçoar os aspectos positivos .
É continuar a caminhar no caminho da Felicidade.......
publicado por antonioramalho às 23:22
link do post | favorito
Domingo, 1 de Janeiro de 2006

Espírito de missão.....

Espírito de missão. Missão. Sentido da vida. Objectivo. Meta. Algo mais...muito mais.
Quando olhamos para dentro de nós próprios, uma das primeiras perguntas que colocamos é exactamente essa : Qual é a minha missão nesta vida ? Qual é a minha razão de viver ? O que estou a fazer neste Mundo ?
Será que temos mesmo uma missão neste Mundo ?
A vida não poderá ser apenas e só...vida por viver ?
Porque razão teremos que ter uma razão válida para vivermos, para entender a existência, um sentido ?
Porque razão a vida não poderá ser apenas ...vida por viver ?
O sentido é a orientação, é o motivo das opções e da decisão ! O sentido indica-nos que tudo tem uma razão de ser, que nada é fruto da acaso . Vivemos numa era em que somos comprimidos por uns e por outros . Muitas vezes não teremos direito a expressar a nossa opinião, nem os nossos desejos . Somos impelidos pela multidão adormecida ! somos positivamente levados pela multidão !
Há que ter um sentido, saber por onde vamos, saber o que queremos, saber porque lutamos!
Há que ter uma direcção no caminho da Felicidade; há que ter a noção de que somos mais do que matéria : Somos Mente !
E a mente tem um sentido, uma missão !
Viver como aprendizagem, viver como meta para um autoconhecimento e uma viagem ao interior do EU .
E necessáriamente que a nossa missão nesta vida passa por uma premissa básica : amar os outros !
Todas as missões dos seres humanos entrelaçam um espírito de entreajuda, uma necessidade de proporcionarmos felicidade e amor aos outros.
A nossa missão neste Mundo é amarmos e ajudarmos os outros no sentido de conseguirmos chegar à sensação mais sublime do EU : a plenitude !
Novamente, o segredo da própria vida.....é o amor!
Se quiseres saber qual é a tua missão neste Mundo procura bem....no fundo do teu coração ! Aí encontrarás as respostas!
publicado por antonioramalho às 15:01
link do post | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.links

.Visitantes desde Junho de 2010

.De onde visitam: