.posts recentes

. A raiz do medo

. O que encontrou, que havi...

. Sobressair na bondade

. O que o tempo não apaga

. O sentido que partilha a ...

. As palavras nas atitudes

. Porque não posso ir no te...

. A ironia que aconteceu no...

. O que diz à minha volta

. Alguém como eu

. Sob o postal de ser

. Os teus passos no silênci...

. O que pode haver, por sab...

. Juntos pelo coração

. O que é a noite no sorris...

. A nudez do amor

. O que pareceu o caminho

. Novo livro eBook - Eu e a...

. O impossível na sorte

. Sentir a tua falta

.arquivos

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

Quinta-feira, 15 de Maio de 2008

Ver a realidade, não como ela é, mas como gostaríamos que fosse....

Gostaríamos de ver a nossa realidade...Os nossos olhos e o nosso coração vivem a nossa realidade...que pensamos ser a verdadeira realidade... A Verdade!

Criamos assim a dicotomia ilusão-realidade!

Mas...somos aquilo que pensamos que somos! Mas, não é exactamente o que somos!

Pintamos a nossa vida!..... e interpretamo-la..como verdade!

Mas a verdade não a conhecemos realmente! Não concebemos a realidade para além daquilo que vemos ou daquilo que sentimos!...

As cores que colocamos no nosso olhar...não são as cores da realidade....ou seja, da verdadeira realidade! São apenas as cores da nossa própria realidade....

Então existe um desencontro entre a nossa realidade ...e a verdadeira realidade!

E aqui...ou temos humildade ou somos arrogantes! Ou seja, ...ou assumimos que somos demasiadamente pequeninos para assumirmos ser os detentores da verdade...ou tornamo-nos arrogantes e presumidos em pensarmos que somos os detentores desse verdadeira realidade...

Nós, de facto, gostaríamos que a realidade...fosse feita á nossa imagem e semelhança..Seria, de facto, o nosso próprio paraíso...

Mas, a realidade....é ela própria...e não como gostaríamos que fosse!!

O desencontro entre o que gostaríamos que fosse...e a verdadeira realidade...leva a que surjam expectativas frustradas, desilusões, tristezas e desencantos pela vida e pelos outros...

Porque a maneira como vemos a vida...também se manifesta em relação aos outros seres humanos... gostaríamos que fossem diferentes...que fossem o que gostaríamos que fossem...

Mas eles são apenas eles próprios....Ou seja, pensarmos que os outros terão que se encaixar nos nossos pensamentos e ideais....e na nossa própria realidade...é pura utopia...

É pura desilusão......

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 13:24
link do post | favorito
|
Quinta-feira, 8 de Maio de 2008

Quando te lembrares de mim...pisca o olho ao SOl....

Era uma vez....alguém que vivia á procura do SOl..Queria sentir..luz! ...Ser a própria luz! Queria deixar de ser..uma sombra apenas! Acreditava que havia o Sol...

Procurou, procurou.....

Tentou entrar no olhar...viver na emoção......e despertar no sorriso.....

Procurou no sucesso....procurou na fama....na própria vitória....e no dinheiro....e não encontrou!....

O Sol deveria existir para lá do horizonte...no próprio ser- pensou!!

O Sol deveria existir para lá da vida, na própria razão de viver..- pensou!!!

Tocou o coração..e sentiu um calor imenso!..Era o calor de uma luz!

Num relance..por breves momentos...sentiu e viu o Sol...

Ver o Sol, ainda que por breves momentos, é não desistir de acreditar!!!

Ver o Sol, ainda que por uns curtos instantes, é sentir que há uma razão para viver....

Acordar para o Sol...é despertar!

O Sol apareceu!..O Sol desapareceu! Breves instantes de uma vida! Longa vida num instante apenas!

Um toque...apenas!

O Sol...foi para outras paragens certamente! O Sol foi para outras vidas!...Outro alguém que precisa de ver o SOl para acordar!

Que engano desse alguém! Esse alguém deixou de ver o Sol..apenas e só ...porque o Sol estava dentro dele próprio!!! Ele tinha o Sol no coração!

Outro alguém sussurou:

- Quando te lembrares de mim.....pisca o olho ao Sol! Eu estarei dentro de ti!!!

 

 

sinto-me: feliz nesta caminhada
publicado por antonioramalho às 10:16
link do post | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
15
16
17
18
19
20
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.links

.Visitantes desde Junho de 2010

.De onde visitam: